Marca pioneira em e-commerce, a transnacional Amazon, assumiu no dia 23 de novembro, sexta-feira, uma violação de dados que ocorreu responsabilizando erro técnico pela falha. O ocorrido não foi anunciado publicamente, mas foi revelado em um e-mail para os clientes prejudicados, incluindo, entre outros, o especialista em segurança e blogueiro britânico, Graham Cluley.

No e-mail, a Amazon avisa que a empresa “inadvertidamente divulgou seu nome e endereço de e-mail devido a um erro técnico”, e concluiu que “isso não é resultado de qualquer coisa que você tenha feito, e não há necessidade de você alterar sua senha ou fazer qualquer outra ação”.

Cluley comentou a falta de detalhes e de relevância que o e-mail pareceu ter, por não ter especificações de como se deu o erro e por parecer uma mensagem fraudulenta como os muitos spams diários recebidos relacionados a marca Amazon, sensação que ocorreu pela inclusão de um link HTTP, em vez de HTTPS, na parte inferior da mensagem.

Em um comunicado à Computing, a Amazon afirmou que o problema foi corrigido e os clientes afetados, avisados. No entanto, a empresa continua sem aprofundar-se em detalhes, como a causa da violação e quantos usuários foram expostos.

Trabalha com informações pessoais de clientes? Saiba como se adequar às novas regras

A It4us trabalha na prevenção de vazamento de dados. Somos especialistas em proteger informações pessoais e oferecemos soluções adequadas para pequenas, médias e grandes empresas. Somos a melhor opção para integrar sua empresa às novas regras de proteção de dados. Entre em contato conosco e tire suas dúvidas.

FONTE: https://cryptoid.com.br/banco-de-noticias/amazon-admite-a-violacao-de-dados/